Entrevista de Lélia Wanick e Sebastião Salgado por Míriam Leitão para Globo News
Publicado em 28/10/2013


por InstitutoTerra

O Instituto Terra, fundado por Lélia e Sebastião Salgado, é o tema do programa especial feito para a Globonews. Há 13 anos, eles estão plantando árvores em Aimorés (Minas Gerais), no Vale do Rio Doce, região que estava totalmente degradada.

De lá para cá, 1,7 milhão de mudas de espécies nativas da Mata Atlântica foram plantadas. Mais de 5 milhões de mudas já foram produzidas, segundo Sebastião Salgado. Até os animais já voltaram: há 178 espécies de pássaros e, recentemente, uma família de onça jaguatirica foi vista por lá.

O instituto, que recebeu na Rio+20 um prêmio do Instituto-e, mostra que é possível refazer a mata derrubada e realizar um trabalho de educação ambiental.

Eles propagam árvores e informação. Técnicos agrícolas recebem treinamento e crianças participam do programa Terrinha. Eles querem que todas elas que vivem no Vale do Rio Doce, área do tamanho de Portugal, participem do projeto.

E como garantir sustentabilidade financeira a um projeto de sustentabilidade ambiental? Esse é o grande problema. As empresas colaboram, mas podem fazer muito mais. No programa, que pode ser revisto no vídeo acima, eles mostram como nós também podemos ajudar.

Fonte: Blog Míriam Leitão (http://goo.gl/c5WBj)
 
Voltar
 
 Leia mais
› Senadora Marina Silva‏
› Encontro com Marina Silva
› Agricultura Familiar‏
› Agroindústria Familiar‏
› A Importância da Agroecologia para o Planeta Terra
› Agronegócio, um modelo esgotado‏
Veja mais artigos »»»
Topo  Voltar
www.projetovidanocampo.com.br
© Copyright 2018 - All Rights Reserved
Hozt Internet | Hospedagem e Web Design